No último dia 31 de maio, sexta-feira, encerrou-se o prazo para a entrega da Declaração para os Microempreendedores Individuais. Algumas pessoas perderam o prazo ou até mesmo entregaram com algum erro no preenchimento. Mas se caso isso tenha acontecido com você, não se desespere.

Lembrando que trata-se de um item obrigatório em nossa legislação e sempre se refere aos rendimentos do ano anterior. Neste artigo vamos lhe auxiliar sobre o que fazer.

Para começar, como se faz esta declaração?

Preencher esta declaração não é algo complexo, na verdade é mais fácil do que se pode imaginar. Mas para facilitar ainda mais, o ideal é que você mantenha suas finanças organizadas. Faça relatórios mensais de seus rendimentos para que emitir sua declaração você não tenha problemas futuramente.

É muito simples: basta acessar o site DASN-SIMEI junto ao portal da Receita Federal e informar seus rendimentos através do seu CNPJ.

O que fazer caso não tenha enviado a Declaração MEI?

Mesmo com o prazo vencido ainda é possível enviar sua declaração, porém será necessário pagar uma multa. O valor dela é de até R$ 50 ou de 2% ao mês sobre o valor total dos tributos declarados.

Emiti a declaração, porém errei o valor. O que fazer?

Neste caso também há tempo para corrigir. Acesse o Acesse o Portal do Empreendedor ou através do site da Receita Federal e com os seus dados você conseguirá fazer uma alteração na declaração. Esta retificação não acarreta cobrança alguma ao empreendedor e só é possível fazê-la com até cinco anos de declarada.

Formalizar-se como MEI é algo que tem acontecido com muita frequência, pois sair da informalidade tem muitos benefícios aos empreendedores. Mas lembre-se que quanto mais informações você tiver, mais chances de obter sucesso você tem. O ideal é que você contrate uma assessoria contábil que possa te auxiliar e permitir que você foque suas energias no seu negócio.

Fale Conosco

Ligue para nós
Responda para Validar: 1 + 7 =